Tomás Abreu                   Exhibitions         Works         Outdoor         Films      




Third moon


Installation / Light sculpture

Two double-sided mirrors, 9-14cm, 0.06 strings, three light projectors, colour filters, variable dimensions.
Activated by air movement

Playlist #40
Café Candelabro

Curated by Nuno Ramalho
November 2019  



A partir de uma rotina de dois movimentos lineares e inconstantes extrai-se a terceira variável que origina a revelação da outra lua. Quatro variações de sobreposições de dois reflexos circulares reproduzem fragmentos minguantes em rotação.
Duas projecções encontram-se para um reflexo acelerado que dura segundos. A distância disforma a elipse com a forma das superfícies que desenham o ambiente. Os limites do espaço dispersam ângulos diagonais enquanto a corrente e a movimentação na sala altera a direcção e o sentido. Rodamos no sentido que o vento, a circulação e os movimentos não tem algoritmo. Só hora de ponta. Na dessincronia, uma ocorrência ou uma realização que se der em simultâneo com outra não delineia cadência. No céu a lua cobre a terra, na terra o céu descobre a lua. As forças gravitacionais limitam os corpos presos na corrente. A terra é fria por fora e ferve por dentro. A órbita repete-se e recria sombra e claridade entre o frio e o calor.




















                                    “ Você é o sol. O sol não se move, é isso que ele faz. Você é a terra. A terra está aqui para começar, e então a terra movimenta-se à volta do sol. E agora. Teremos uma explicação onde pessoas simples como nós podem compreender imortalidade. Tudo o que peço é que entre comigo na ausência de limites, onde o constante, a tranquilidade e a paz reina. Imagine que neste silêncio infinito e sonoro tudo é escuridão impenetrável. Aqui, apenas experimentamos o movimento geral e, não atendemos os eventos que testemunhamos. A luz brilhante do sol derruba sempre o seu calor e luz no lado da terra que é apenas então girado em diante. E estamos aqui no seu brilho. Esta é a lua. A lua gira em torno da terra. O que está a acontecer? Vês de repente que o disco da lua, o disco da lua, na esfera inflamável do sol, faz uma indicação, e esta indicação, a sombra escura, cresce, mais e mais. E enquanto cobre mais e mais, lentamente, um rasgo crescente do sol permanece, um crescente surpreendente. No próximo momento, o próximo momento – diz que em redor da uma da tarde – ocorre o evento mais dramático. Nesse momento, o ar torna-se subitamente frio. Sentes isso? O céu escurece, fica todo escuro. Os cães uivam, os coelhos cavam, os veados correm em pânico, correm, dão às patas com medo. E nesta escuridão terrível e incompreensível, mesmo os pássaros … Os pássaros também estão confusos. E então … Silêncio completo. Tudo o que vive está inerte. Os montes vão desabar? O céu vai sobre nós? A terra abre debaixo de nós? Não sabemos. Nós não sabemos, por que um eclipse total cobriu-nos… Mas … Mas não é preciso ter medo. Ainda não acabou. Com a esfera brilhante do sol, lentamente, a lua nada para longe. O sol explode e, lentamente, chega outra vez luz à terra, e o calor inunda novamente a terra. Profunda emoção chega a todos. Escaparam ao peso da escuridão.

Hagelmayer:
Chega! Saiam daqui seus barris de cerveja!











    Link to Third moon II